Estudo sobre a comunidade LGBT no mercado de trabalho

No mês de julho a B4B junto com a Etnus Consultoria e Planejamento e a EmpregueAfro realizou um estudo de mercado sobre a população afrobrasileira e o mercado de trabalho. Seguindo a tendência de realizar pesquisas relacionando minorias e o preconceito no mercado profissional, o site Platão Plomo fez um estudo e um infográfico sobre a presença de pessoas LGBTs nas empresas e o preconceito que elas enfrentam em suas carreiras.

Infográfico sobre LGBTs e o mercado de trabalho | Plutão Plomo

Sabemos que nossa comunidade é diversa e que infelizmente muitos entre nós sofrem, além do racismo, sofrem com a homofobia e a transfobia. A comunidade LGBT brasileira representa quase 9% da população, cerca de 18 milhões de pessoas. Se aplicarmos a mesma proporção de pretos e mestiços presente na população geral, estamos falando de quase 10 milhões de pessoas que têm sua dignidade e cidadania atingida diretamente pelo preconceito e a violência.

Assim como o racismo, a homofobia também impacta na economia e no mercado de trabalho.